O Impressionante Lockheed Martin F 35 _ Decolagens e Aterrissagens _ Amazing Compilação

O Impressionante Lockheed Martin F 35 _ Decolagens e Aterrissagens _ Amazing Compilação
ASSISTA TAMBÉM
O Impressionante Lockheed Martin F-35 Stealth Fighter Jets _ Amazing Compilação

##################Descrição#############
Tipo / Missão Caça multipropósito furtivo, com motor turbofan de pós-combustão, monomotor monoplano
País de origem Estados Unidos
Fabricante Lockheed Martin
Northrop Grumman
BAE Systems
Período de produção 2006-presente
Quantidade produzida Até novembro de 2014, 115 unidade(s)
Custo unitário F-35A: US$98 milhões (baixa porcentagem de produção inicial 'BPPI' e sem o motor, produção completa em 2018 pode ser no valor de US$85 milhões
F-35B: US$104 milhões (BPPI e sem motor)
F-35C: US$116 milhões (BPPI e sem motor)
Desenvolvido de Lockheed Martin X-35
Primeiro voo em 10 de dezembro de 2006 (11 anos)
Introduzido em F-35B: 31 de julho de 2015 (USMC)
F-35A: 3º trimestre de 2016 (USAF)
F-35C: 2018 (USN)
Tripulação 1
Especificações
Propulsão
Motor(es) 1 x motor turbofan de pós-combustão Pratt & Whitney F135 ou General Electric Rolls-Royce Fighter Engine Team (FET) F136[3]
Notas
Dados: Ver seção "Especificações"

O Lockheed Martin F-35 "Lightning II" ou F-35 Joint Strike Fighter é um programa que visa a produção de três aeronaves stealth caça multi-função supersônicas, que fora desenvolvido para satisfazer as necessidades de uma transformação na nova geração de armamento dos governos dos Estados Unidos, do Reino Unido, da Holanda, Austrália, Canadá, Itália, Dinamarca, Noruega, Turquia e de outros compradores, como Israel.
O F-35 foi concebido como projeto de três caças de 5ª geração, CTOL F-35A JSF, STOVL F-35B JSF, CV F-35C JSF, de relativo baixo custo, para a Marinha, Força aérea e Marines dos Estados Unidos, pois englobar três aeronaves em um mesmo projeto atenuou os elevados custos de desenvolvimento comparado aos três separados. No entanto, devido a sucessivos problemas de desenvolvimento, o objetivo de baixo custo não foi atingido.
As principais armas são transportadas em compartimentos internos, para um elevado grau de discrição. Mas armas adicionais podem ser transportadas externamente, em missões em que a furtividade não é necessária.
Desde que foi concebido, o F-35 tem se envolvido em controvérsias. Atrasos, aumento nos custos de desenvolvimento (projetados inicialmente em US$ 59 bilhões de dólares) e problemas no projeto em geral mancharam a reputação do caça, que deveria ser uma alternativa mais barata ao caríssimo F-22. Somado, o custo de desenvolvimento, construção e manutenção girou em torno de US$ 400 bilhões de dólares. Com este valor, o projeto do F-35 se tornou o programa de armamento mais caro da história.Em 2015, após quinze anos de desenvolvimentos, o primeiro esquadrão de F-35 foi liberado para o serviço ativo na força aérea dos Estados Unidos

Scottsdale Flying Club click on image

flying club